quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Descodificando Matrix

Apesar de se fazer referências estilísticas aos animes e filmes de kung fu, há uma verdadeira corrente de subjetividade onde se extraí as mais diversos temas. A alegórica mitologia filosófica da trilogia Matrix, não é apenas genial em suas concepções, mas de dual significado, por isso perigosa. Há uma clara utilização da metafísica de Platão por seu Mito da Caverna, mas o distorcendo sutilmente aos poucos ao uso pagão. É só observar a "festinha" na caverna de Zion no segundo filme, como um desses exemplos. A inspiração é claramente nas religiões orientais do qual prega-se que as ilusões são a causa do sofrimento, tendo-se também claras referências no Mito da Caverna de Platão e a metafísica, além de raizes inspirativas no filme Assassino Virtual (Virtuosity) no livro Neuromancer de William Gibson, criador do Cyberpunk e que inspirou o filme menos conhecido Jonny Memonic que tinha também Keanu Reeves como protagonista, não sendo mera coincidência. Entre as curiosidades biográficas no curriculum dos atores está no também a do fato da atriz Carrie-Ann Moss (Trinity) ter interpretado anteriormente a personagem Liz Teel num obscuro seriado chamado 'Matrix' em 1993. Neste, Steve Matrix que dá nome ao título é morto e vai para o purgatório onde vê o rosto das pessoas que matou, até receber uma segunda chance para fazer boas ações. Já a fala de Neo "Mr.Wizard me tire daqui" é uma referência ao desenho animado 'Tooter Turtle' dos anos 60 onde um personagem pedia a cada episódio para um lagarto mago o transformasse numa pessoa diferente até se envolver em encrencas e pedir para tira-lo daquilo. O filme mostrado na tela da casa de Oraculo no primeiro filme é "Night of Lepus" de 1972 onde um bando de coelhos gigantes e mutantes aterrorizam uma pequena cidade do Arizona.
A Trilogia Matrix é uma verdadeira salada filosofico-religiosa. O nome Matrix significa literalmente uma reunião de 'Ma' que seria uma referência a 'Maya, que significa em sânscrito ilusão, somado com 'Trix' que significa três. Assim a Matrix seria em resumo a reunião de três mundos ilusórios (física-psíquica-espiritual), assim o próprio Neo como escolhido seria uma ilusão como forma de controle.
Se tornando ícone pop da ficção cientifica comercial moderna, é uma maneirista analogia de visual e efeitos incríveis a um mundo rodeado de iguais ilusões dos simbolismos regidos pela igualmente alegórica religião maçônica, onde o mundo das máquinas é por sua vez uma clara metáfora ao impiedoso governo oculto, supostamente controlando de forma arrogante e fria o mundo conhecido e sendo deliberadamente o causador das imperfeições deste, por considerar um mundo perfeito tedioso. Lá estão as figuras de GADU (o Grande Arquiteto Do Universo) na personificação do velho barbudo de linguagem erudita, Arquiteto, assim como divindades de oposição dual supostamente equivalente de ascendência Hindu como a Oráculo. Observem os campos de humanos, uma clara referência aos campos de concentração em que as pessoas vivem como vegetais. De fato, uma alegoria para o cultivo de ser humanos, que são utilizados como pilha, apenas a seus fiz e depois descartado, a exemplo da pilha mostrada por Morpheus no primeiro filme.
A Trilogia lida constantemente com repetições simétricas invertidas onde algumas ocorrências se repetem sob o aspecto da outra extremidade do dualismo, como a exemplo da possível inspiração a abertura de Reloaded e sua referência aos fractais como menção ao caos ordenado (no terceiro é manifesto pelo Código Dourado), e ao exemplo do final de Revolutions onde repete-se a manifestação de um corpo dentro de outro, sendo este proporcional invertido ao primeiro filme onde Neo entra no corpo de Smith o destruindo, sendo este por sua vez o mesmo a fazer no final do terceiro com Neo, justificando exatamente o que o Arquiteto se refere, "uma equação buscando equilíbrio". O que poderia indicar uma perpetuação da saga e uma possível "revelação" da terceira ilusão, pois sabendo-se que Neo sendo o 6º Escolhido revelou o mundo das máquinas como a 2ª forma ilusória da Matrix através da visualização do Código Dourado que pode ser interpretado como uma "iluminação", sendo o sétimo escolhido então a revelar a 3ª e "definitiva" forma. Logo a Matrix literalmente se resume a uma palavra, 'Controle', e sabendo que Matrix Reloaded e Revolutions na realidade trata-se de um só filme dividido, logo a terceira parte na realidade não existe.
Os símbolos e códigos da matrix podem ser identificados como letras e números invertidos do alfabeto katakana, japonês. A visão de Neo sobre o universo especialmente a amarela-dourada seria uma clara menção aos chacras do sânscrito Chakra que significa 'roda'. Por intermédio da percepção da 2ª forma da Matrix por meio do Código Dourado, podemos observar claramente que o agente Smith pertence não somente a 1ª forma da Matrix, mas transpassando ela, e comprovando que esta mais uma forma de controle, afim de adequar aqueles que não aceitaram o primeiro mundo, assim como outros programas visualizado de igual forma como Seraph e Oráculo. Seraph por sua vez pode ser interpretado não somente como Serafim, mas uma referência as Sephiras da cabala.
Outro elemento que corroba que estes mundos não só são ilusórios, mas estão interligados é quando Neo após manifestar seus poderes no mundo das máquinas entra em coma se reconectando ao a Matrix "original", sem qualquer auxilio dos plugs, apenas se fazendo necessário para sair destes (?). Ele fica preso num metrô como porta para o mundo das máquinas onde se encontra a inscrição 'Mobil Ave', poderia ser interpretado como um anagrama para 'Limbo'.
Morpheus ao apresentar o mundo real a Neo aponta um mão para o alto e outra para baixo. Normalmente essas representações vêm da mão direita levantada e a esquerda abaixada, representando vida e morte, criação e destruição. Neo curiosamente parece ser constantemente manipulado por Orcáulo, o que definitivamente comprova que ele se trata de outra forma de controle da Matrix, ele quase diz nada a não ser fazer perguntas e discordar ou concordar, é a repetição de "tantos outros Messias" e uma clara recriação de Jesus, onde seu nome sendo um anagrama de "One" significa escolhido, e acaba ressuscitando igualmente no final do primeiro filme. Aderson significa 'Filho do Homem' que soa como uma clara alusão a Jesus Cristo (juntar com Neo). O próprio trio Morpheus, Neo, Trinity não é mais que uma menção a Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, Trinity representa isto. Já no final do terceiro filme Neo fica cego, este segue o caminho até o Deus Ex-Machina para fazer um acordo para a batalha final. No fim ao morrer Neo caí de braços abertos e os plugs que o ligavam forma o desenho de asas como de anjos.
O personagem Cyber é constantemente comparado a Ronald Reagan onde inclusive compartilha diversas falas relacionadas a escândalos como "Eu não quero lembrar de nada", além de pedir a Smith - que o chama inclusive de Sr.Reagan - para ter uma vida como ator, numa clara referencia basicamente reencarnacionista. Ele se tornaria Reagan? O Significado do nome Cyber é 'zero' o que faz um curioso contraponto com Neo (ou One) como clara referência ao código binário de '0 e 1', aqui interpretado como dualismo. Cyfer ainda é identificado como um sistema de criptográfica onde troca-se números por letras e vice-versa, tal como uma referência a um anjo caído.
O nome do personagem Apoc seria uma referência ao livro de Apocalipse da Bíblia. O Merovigian por sua vez é um francês, antecessor de Neo, este já foi um escolhido, tal como presa a "lenda" da família de Cristo que teria se escondido na França. Monica Bellucci que faz sua esposa Persephone fez o papel de Maria Madalena no filme 'Paixão de Cristo', tal alegoria é uma clara menção ao Santo Graal.
Choi e Dujour é nome do casal gótico que convida Neo a uma festa, seus nomes podem ser intepretados como Dujour que do francês significa 'do dia' e Choi 'Escolha', ou seja, escolha do dia. O Mundo ilusório habitado por "profanos adormecidos" e vigiado pelos agentes, uma clara referência aos 'Men In Black', igualmente verídicos apesar de exageradamente folclórico, na cultura americana. Assim fica-se clara que as referidas anomalias combatidas por estes, segundo a Oráculo, são não mais a personificação de "espíritos" que são aqui ditos como programas, assim como a "possessão" das pessoas, do qual mata-las é uma necessidade inevitável! Por isso certos estudantes se inspiraram em tal para matar colegas no colégio, nos EUA.
Por fim, na batalha final entre Neo e Smith, há uma clara referência, mesmo que subjetiva, a um ritual de sacrifício humano. Os "Smiths" assimilados seria uma tentativa de se colocar o satanismo do Conselho dos Nove como o câncer na Matrix, assimilando a todos. Na cena final em que Neo e Smith caem do céu é uma prontificação parabólica a Lúcifer ou até a Jesus (o pão vivo que desceu do céu). Observe que eles caem num cruzamento formado por cinco ruas o que forma uma imagem de pentagrama, onde uma vez que Smith entra no corpo de Neo, sua "divindade" passa aos demais assimilados. O filme coloca a idéia como uma necessidade para libertar os demais! É um caso claro, de Engenharia Social com a utilização da filosofia afim de convencer as pessoas na necessidade dos sacrifícios humanos para salva-las as libertado!Coloquemos isso em paralelo com o mundo real (não fictício), e apenas irá expor um manequeísmo absurdo por parte dos dois! Pois como sabemos, estes pregam que haverão outros "mestres". Isso demonstra a redundância repetitiva do mal e sem propósito algum se não enganar e iludir conforme a própria proposta da Matrix, Diáletica e Behaviorismo se aplicam a isso. Liberdade é justamente se libertar de tais idéias manipuladoras com a intenção de induzir nossos pensamentos, opiniões e até escolhas, um exemplo de condicionamento comportamental afim de induzir os pressionados ou os mais fracos a aceitarem a idéia, ratificando seus atos, um caso de Ariosofista.
Entre outras referências numerologias estaria especialmente no número 9-18-99 correspondendo a uma data (dia 18 é aniversário da esposa de Andy Wachowski), surgindo como a hora que Thomas Anderson acorda para ir ao trabalho e a data da transmissão final.

Outras curiosidades:
- Há uma clara inspiração no primeiro filme Final Fantasy (na verdade quase idêntica), onde por meio da visualização do Código Dourado Neo vê os "espectros" das máquinas traspassar a nave e ele mesmo, mas a Trinity o segura, como para não leva-lo junto.
- Oráculo dá uma explicação para todos os fenômenos e lendas dentro da concepção de ilusão da Matrix, sendo os OVNIs um destes, mas também há uma menção a Lobisomens, quando Persephone mata dois homens de seu marido Merovigion como uma bala de prata, eles pertencem ao mundo antigo conforme descrito o que corroba tal fato.
- Vale-se como nota que Persephone é uma referência a mitologia, do qual a deusa de mesmo nome era obrigada a uma vez por ano servir no submundo, do qual Merovigion parece dominar.

Um comentário:

  1. se puder visite o meu site :-)

    www.vivendonamatrix.com

    abraço

    ResponderExcluir